Conferência debaterá atuação feminina na advocacia

  printImprimir   Data e Hora: 25/07/2018 15:07:32

Debater a atuação feminina no mercado de trabalho, repercutindo sobre as questões de gênero na advocacia e sociedade piauiense. Esse é o objetivo da I Conferência da Mulher Advogada do Piauí, que acontecerá nos dias 23 e 24 de agosto (quinta e sexta-feira), no Auditório da OAB-PI, em Teresina-PI, e que tem como tema “Pluralismo, Política e Advocacia”.

O evento é uma realização da Comissão da Mulher Advogada (CMA) da OAB-PI e tem cunho acadêmico, científico e de sensibilização. Atualmente, as mulheres representam quase metade da advocacia brasileira e piauiense. De acordo com a presidente da CMA, Eduarda Mourão, as mulheres advogadas atualmente são um contingente importantíssimo no mercado de trabalho brasileiro e na comunidade jurídica piauiense.

“O direito à igualdade está expresso na Constituição Federal de 1988. Embasado neste direito fundamental, o evento debaterá as políticas e ações que visam valorizar as advogadas e modificar o atual cenário de desequilíbrio na participação feminina da classe e na sociedade”, disse Eduarda, ao ressaltar que a Conferência é um passo primordial para empunhar essa bandeira.

Durante a Conferência, será feito o resgate da história de Esperança Garcia, intitulada simbolicamente como primeira mulher advogada do Piauí. Representando a luta e resistência do povo e da mulher, Esperança Garcia escreveu uma cara em 1770 ao Governador da Capitania de São José do Piauí, Gonçalo Lourenço Botelho de Castro. A carta denunciava violências e demandava justiça. Um tipo de texto que, no dicionário da advocacia, poderia ser sinônimo de petição.

Com estimativa de 500 participantes, a Conferência pretende reunir advogadas e advogados, bacharéis em direito, estudantes, professores, procuradores federais, estaduais e municipais, pessoas ligadas à luta por direitos das mulheres e interessados na temática. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site www.oabpi.org.br/portaldoaluno. Cada participante deverá doar 2kg de alimentos não perecíveis no dia do evento, que serão destinados a entidades que fazem o acolhimento de mulheres em situação de vulnerabilidade em Teresina. A certificação da Escola Superior de Advocacia do Piauí será de 12 horas/aula. Outras informações: (86) 2107-5823/ 5828.


Mais notícias


Conheça as Pós-Graduações da ESA Piauí com inscrições abertas
Data/Hora: 21/01/2020 12:01:28
Abertas as inscrições para a Pós de Direito e Processo Previdenciário com enfoque na Reforma da Previdência
Data/Hora: 14/01/2020 18:01:18
Inscrições abertas para 16ª Turma do Curso de Formação em Mediação e Arbitragem
Data/Hora: 13/01/2020 16:01:50
Diretor-Geral da ESA Piauí participa de reunião sobre concurso para o cargo de Procurador do Município de Teresina
Data/Hora: 08/01/2020 08:01:34
Evento esclarece principais atualizações da Reforma da Previdência
Data/Hora: 12/12/2019 17:12:43
Leia todas as notícias

Dúvidas? Fale com a ESA PIAUÍ.

Contatos: (86) 2107-5823 | (86) 99993-2042 | E-mail: esapi@oabpiaui.org.br

  • Sobre a ESA PIAUÍ:

    Escola Superior de Advocacia do Piauí - ESA PIAUÍ, criada em 1997, com sede e foro na cidade de Teresina, Piauí, na Rua Governador Tibério Nunes, s/n, Bairro Cabral, reger-se-á pelo presente Regimento Geral. A Escola Superior de Advocacia do Piauí tem natureza jurídica de órgão auxiliar autônomo, sem personalidade jurídica própria, com jurisdição, no âmbito de sua missão institucional, em todo o território do Estado do Piauí.