whatsapp Informe OABPI: (86) 98141-8181  |  Disk Prerrogativas: (86) 99998-8248  
  Manutenção de Salas dos Advogados: (86) 99984-8628

foto

     Com o objetivo de estreitar os laços com os Advogados, aprimorar a estrutura de recebimento de denúncias/reclamações e esclarecer dúvidas a respeito das prerrogativas, a Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Piauí disponibiliza ao público em geral o PORTAL PRERROGATIVAS, um ambiente virtual com informações pertinentes às prerrogativas dos advogados.

     Através desse portal é possível se atualizar nas mais recentes jurisprudências a respeito do tema, bem como ter acesso ao Estatuto da OAB, ao Código de Ética e Disciplina, dispor de peças e petições para download, e de formulário para apresentação de denúncias.

     A iniciativa confere maior esclarecimento sobre o assunto, pois busca conscientizar os colegas e demais cidadãos do que são prerrogativas e de que modo deve agir o advogado que se veja diante de uma violação das prerrogativas profissionais.

1. O QUE SÃO PRERROGATIVAS DA ADVOCACIA?

São garantias fundamentais asseguradas aos advogados para que possam exercer plenamente a profissão, com dignidade e independência. “Mais do que destinados à classe, tais prerrogativas garantem a toda a sociedade o perfeito exercício da garantia constitucional do direito à postulação, ao contraditório, à ampla defesa” 1.

As prerrogativas dos advogados estão previstas na lei n° 8.906/94, em seus artigos 6º e 7º, que garante a esse profissional o direito de exercer a defesa plena de seus clientes, com independência e autonomia, sem temor do magistrado, do representante do Ministério Público ou de qualquer autoridade que possa tentar constrangê-lo ou diminuir o seu papel enquanto defensor das liberdades.

2. O QUE É VIOLAÇÃO DAS PRERROGATIVAS DO ADVOGADO?

É todo e qualquer ato ou ação que restrinja o exercício profissional pleno da advocacia e, inclusive, desatenda os direitos dos advogados dispostos no art. 7° da Lei n° 8.906/94.

3. QUAIS PENALIDADES ESTA SUJEITO QUEM COMETE UMA VIOLAÇÃO DE PRERROGATIVA?

Dependendo do agente e de sua conduta, poderá incorrer no crime de abuso de autoridade com fundamento no art. 3°, letra “j” da Lei n° 4.898/65, sujeitando o infrator a sanções administrativas (desde advertência até demissão), cível (indenização de danos) e penal (detenção, multa e perda do cargo - art. 6° da Lei n° 4898/65); O agente violador poderá sofrer, também, um desagravo público reprovador de sua conduta, realizado pela OAB, além de outras providências administrativas junto ao órgão competente para apurar sua responsabilidade (art. 18 do Regulamento Geral da OAB).

4. AS PRERROGATIVAS SÃO PRIVILÉGIOS?

As prerrogativas não são privilégios, muito longe disso. Na verdade, elas asseguram direitos tão elementares que causa espanto o fato de que ainda sejam constantemente violadas. As regras previstas na lei não se tratam de regalias e sim de garantias fundamentais criadas para assegurar o amplo direito de defesa.

Ensina Lôbo: "Se no passado, prerrogativa podia ser confundida com privilégio, na atualidade, prerrogativa profissional significa direito exclusivo e indispensável ao exercício de determinada profissão, no interesse social. Em certa medida é direito-dever, e no caso da advocacia, configuram condições legais de exercício de seu múnus público”.

Formulário de Denúncia:


Arquivos para Downloads:

Downloads Prerrogativas


Estatuto da OAB
Código de Ética e Disciplina da OAB
Jurisprudência
Peças e Petições
Portarias

Escala de Plantão


Modelo Requerimento para Ingresso na CDPA

Disk Prerrogativas: (86) 9998-8248




OAB Piauí - © 2015 - Todos os direitos reservados selo
Desenvolvimento / NTI / OAB Piauí
Rua Governador Tibério Nunes, S/N Bairro Cabral Teresina - Piauí - Fone: (86) 2107-5800